País usa 3 cemitérios para fazer a maior fazenda solar urbana da região

A Espanha, um país com pouco espaço, resolveu inovar e criar uma verdadeira fazenda solar em cemitérios. Os painéis solares serão instalados  em três cemitérios municipais de Valência.

A cidade, a terceira mais populosa do país, vai instalar 7.000 painéis solares para tentar desacelerar as mudanças climáticas. O valor de energia que será gerado pelas placas ainda não foi divulgado, mas segundo fontes oficiais, a construção será o maior parque solar urbano da Espanha.

“Sofremos secas e calor extremo. É necessário acelerar a transição, mas às vezes nas cidades é difícil encontrar grandes espaços livres para instalar energias renováveis”, explicou Alejandro Ramon, dono da ideia e antigo conselheiro climático da cidade.

Requiem in Power

Em inglês, RIP significa “Rest in peace” (descanse em paz). Para fazer uma alusão a essa expressão, os técnicos nomearam o projeto de RIP, mas com um outro significado, Requiem in Power (descanse em energia).

A ideia surgiu numa tentativa de transacionar a energia do país para uma matriz mais verde e será aplicada nos cemitérios de Grau, Campanar e Benimàmet.

Leia mais notícia boa

Nova bateria gera energia a partir da mudança na temperatura ambiente; entendaCidade fez do cemitério uma fonte de energia solar para moradoresBrasil é o 6º maior produtor de energia solar do mundo; subiu duas posições

Calor excessivo

A Espanha sofreu, nos últimos anos, problemas com o calor excessivo e outros malefícios das mudanças climáticas.

Como não restava muito mais espaço para crescer, Alejandro Ramon checou se era possível construir os painéis sob mausoléus.

A resposta foi bem positiva e animadora. “Depois de consultar os técnicos, eles disseram que as coberturas dos nichos eram perfeitamente adequadas para a instalação de painéis solares”, explicou.

Energia limpa para casas e edifícios

A energia local será usada em edifícios municipais e parte será destinada a residências próximas.

Agora, os telhados que não tinham uma utilidade específica, viram verdadeiros geradores!

Toda a energia produzida vai alimentar casas próximos e edifícios públicos.

“Os cemitérios não serão apenas um espaço onde os falecidos podem descansar, mas também se tornarão um local de produção de energia limpa e local”, explicou Alejandro, que disse que a Igreja Católica local apoiou a ideia.

Além de combater a mudança climática com uma matriz de geração de energia verde, a iniciativa também evita perdas na transmissão por longas linhas de energia.

A cidade vai usar nichos dos falecidos para instalar placas solares. Foto: RuthBlack/iStock (Getty Images Plus).

Com informações de Fast Company.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!