Homem que salvou floresta da mineração ganha Prêmio Goldman de 2024

Esse homem começou uma verdadeira campanha em defesa ambiental depois que o país onde mora ameaçou destruir uma grande floresta para obter carvão, a postura dele foi tão honrosa que o fez ganhar o Prêmio Goldman Environmental, um dos maiores do mundo!

Para diminuir os apagões elétricos na Índia, o governo está instalando soluções de geração de energia em enormes quantidades, o problema é que elas não são as das mais limpas. Depois que os políticos anunciaram um plano para destruir as florestas de Hasdeo Aranya, Alok Shukla entrou em ação.

Ele iniciou uma marcha pelo país de 250 quilômetros, junto com vários outros ativistas e povos indígenas. Além de conservar a floresta em perigo, Aluk também sugeriu a criação de corredores de migração de elefantes. Quando não estavam nem na metade do caminho, a notícia boa chegou: o plano de desmatamento foi cancelado e eles haviam vencido!

21 blocos de mineração

Na época, o governo da Índia propôs desmatar quase 445.000 acres de florestas de biodiversidade para construir 21 blocos de mineração.

Além de abrigar diversos tigres, elefantes, ursos-preguiça, leopardos e lobos, a Hasdeo Aranya é crucial para mais de 15 mil povos indígenas da região.

Alok, que é ofundador do Comitê de Resistência Save Hasdeo Aranya não poderia isso acontecer. Foi aí que ele decidiu se movimentar e lutar pelo verde!

Leia mais notícia boa

Mineiros se unem para restaurar parte da floresta amazônica destruída pela exploração do ouro“Mosaico de conservação” protege 400 mil hectares da floresta amazônicaComo Brasil vai usar os R$ 550 milhões doados pela Alemanha para proteger florestas

Campanha nacional

Alok sempre esteve nos noticiários indianos quando o assunto era preservação ambiental.

Há décadas ele defende Hasdeo por meio de uma variedade de mídias e campanhas de protesto, tanto online quanto presencial.

Dessa vez, o ativista sugeriu aos políticos a criação de uma área protegida chamada reserva de elefantes de Lemru dentro de Hasdeo. O objetivo era proteger os corredores de migração dos animais, além de cancelar três das 21 propostas de mineração.

Marcha pelo país e prêmio

Começou então uma marcha pelo país. Várias pessoas iam em direção ao estado de Chhattisgarh, capital de Raipur, passando por uma grande rodoviária nacional. Ao todo, mais de 200 quilômetros!

Mas nem precisou de tanto, a notícia boa veio rapidinho. Quando estavam quase na metade do caminho, foram surpreendidos pelo cancelamento das reservas de carvão.

“Não tínhamos expectativas, mas a assembleia legislativa votou por unanimidade que todas as minas de carvão de Hasdeo deveriam ser canceladas e a floresta deveria ser salvar”, disse Alok ao comemorar.

O ato heróico lhe rendeu o Prêmio Goldman Environmental 2024, um prêmio dado a aqueles que realizaram trabalhos notáveis em prol do meio ambiente.

“Esse foi um momento muito importante e feliz para todos nós”, finalizou o ambientalista.

Alok Shukla é um velho conhecido da causa ambiental na Índia, ele realiza diversas ações de conscientização no país. Foto: Golman Environmental Prize.

Com informações de Goldmanprize.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!