Homem ganha luva com dedos impressos em 3D depois de acidente de trabalho

Um homem de 52 anos é o primeiro do mundo a testar o protótipo de uma luva com dedos fabricada por uma impressora 3D.

Desde o acidente de trabalho onde perdeu 4 dedos, é a primeira vez que o alemão Michael Altheim consegue segurar e agarrar objetos. A luva, chamada de Hero Gauntlet, é controlada pelo movimento do pulso do homem.

“Quando coloquei a Hero Gauntlet, movi minha articulação e então meus dedos se moveram – pensei: ‘Ah, sim, olhe lá’”, contou Michael. A luva é ainda à prova d’água e foi feita sob medida especialmente para ele.

Acidente de trabalho

O acidente de Michael foi há uma década, e desde então, a qualidade de vida dele caiu bastante.

O homem trabalha em uma máquina industrial lixando um campo esportivo. Ele usava luva, mas o objeto ficou preso na esteira da máquina.

Como resultado, o profissional teve quatro dedos amputados. Agora, 10 anos depois, Michael entra para a história ao se tornar o primeiro homem a usar uma luva revolucionária.

Leia mais notícia boa

Conheça o Castor, um robô que ajuda no tratamento de crianças com autismoNova impressão 3D faz mão robótica com ossos e tendões ‘mais humanos’Cirurgia robótica para câncer de próstata reduz impotência e incontinência urinária

Hero Gauntlet

A luva é uma iniciativa da empresa inglesa Open Bionics, do ramo de robótica de reabilitação.

Depois que experimentou o objeto, Michael disse que a luva é diferente de tudo que já usou.

“Eu já tinha soluções parciais para os dados, mas o peso era muito pesado, a operação era mínima e não era à prova d’água”, contou.

Agora, ele foi de dobrar uma toalha para conseguir segurar coisas grandes e pesadas. “Nunca conseguir segurar corretamente uma chave de fenda ou um amarelo, nem usá-los para pescar. Com a nova mão funciona perfeitamente sem demora”, brincou.

Feita sob medida

O protótipo foi feio sob medida para a amputação do homem, com digitalização e impressão 3D.

Durante os testes, Michael se surpreendia cada vez mais. “E então continuamos, experimentando e ajustando tudo, então eles pegaram uma bola, depois uma chave de fenda… finalmente consegui controlar a dureza da empunhadura”, disse Michael ao comentar sobre o processo.

Além disso, a tecnologia é a prova d’água, sendo uma solução que oferece ótima função e conforto para o uso durante todo o dia.

Novos projetos

Para Samantha Payne, diretora de operações e cofundadora da Open Bionics, é uma realização incrível.

“É pura alegria ver esta peça de engenharia ter um impacto positivo instantâneo nas atividades que Michael adora fazer”, contou.

A diretora disse ainda que a empresa trabalha com grupos em toda a Alemanha para oferecer a tecnologia a amputados parciais das mãos.

“Muito mais cidadãos alemães atualmente estão sendo submetidos a testes para esta tecnologia”, finalizou.

A luva é controlada por movimento do pulso de Michael. Foto: Open Bionics.

O objeto ajudou Michael a carregar diversos itens pesados. Foto: Open Bionics.

Com informações de Perspective Media.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!