Governo vai destinar recursos financeiros para atender animais resgatados no RS

Notícia boa que traz alívio para os pets! O governo federal anunciou medida que garante recursos financeiros aos abrigos de cidades do Rio Grande do Sul (RS) que cuidam de animais resgatados.

O dinheiro será direcionado para diversas necessidades, como vacinas, kit de primeiros socorros com testagem de doenças e antibióticos, esterilização cirúrgica e identificação dos animais por meio de microchipagem.

Também servirá para a compra de 10 quilos de ração por mês para cada pet no período máximo de 60 dias, além de assistência veterinária e materiais para construção de outros abrigos temporários.

Protocolo simplificado

O anúncio foi divulgado primeiro nas redes sociais pelo ministro da Secretaria Extraordinária da Presidência da República de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, e confirmado em coletiva de imprensa nesta terça-feira (21).

De acordo com o ministro, a nova política de apoio ao bem-estar animal terá um processo mais simples “para garantir as condições mínimas de alimentação, saúde e higiene para os bichos”.

Isso porque a medida dispensa a apresentação imediata de um plano de trabalho para solicitações de até R$ 180 mil – dependendo da população do município.

Recursos em situações de calamidade

A ação foi embasada na Orientação Operacional nº 07/2024 da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, que prevê a transferência obrigatória de recursos financeiros federais em situações de calamidade ou emergência.

As prefeituras poderão incluir no plano de recuperação das cidades do Rio Grande do Sul a solicitação de fundos para abrigar e cuidar dos animais.

Os recursos de emergência são liberados de forma imediata, mas os municípios terão 30 dias para apresentar plano de trabalho e mais 30 para prestação de contas.

Leia mais notícia boa 

FAB envia 20 toneladas de ração para animais resgatados no RS; como ajudarEncontrado tutor do cão que abraçou médica veterinária no RSJornalista do SBT adota cãozinho que agarrou na perna dele durante transmissão no RS

Mobilização e compromisso com os animais

Em vídeo que fala sobre a medida, Paulo Pimenta ainda falou sobre a mobilização e preocupação do povo gaúcho com a causa animal.

“Os tutores e cuidadores têm feito o possível e impossível para resgatarem seus pets e oferecerem uma condição digna para que esses animais também possam atravessar esse momento difícil nas melhores condições possíveis”, destacou.

A primeira-dama Janja Lula da Silva também escreveu na publicação: “Para muitas pessoas, os animais são parte da família. E cuidar dos bichinhos também é um compromisso do governo”.

Você também pode ajudar! 

Com o ativista Kaká D’Ávila, nós do Só Notícia Boa e Só Vaquinha Boa estamos arrecadando recursos para ajudar quem mais precisa no RS.

Já conseguimos doar mais de 5 toneladas de roupas e alimentos, mas queremos muito mais.

Você pode fazer parte dessa corrente do bem junto com a gente!

Ajude pelo Pix:

ajudars@sovaquinhaboa.com.br

ou acesse aqui a campanha no Só Vaquinha Boa.

Segundo último boletim da Defesa Civil do RS, foram mais de 12,3 mil animais domésticos e silvestres resgatados. – Foto: Foto: Mateus Bruxel/Agencia RBS

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!