Família de lutadores de taekwondo salva mulher que sofria agressão sexual

Uma família que luta taekwondo ouviu os gritos e correu para salvar uma mulher que estava sofrendo agressão sexual. Além de parar o agressor, a família ainda conseguiu prender o homem. Eficiência!

A família An é um renomado clã de instrutores de taekwondo e proprietários do dojo Yong-In Taekwondo, no Texas, Estados Unidos. Os An, estavam no dojo quando ouviram gritos vindos do pátio de uma empresa nas proximidades.

De início, eles acharam que eram pessoas brincando, mas quando os gritos se tornaram mais fortes, a família de 5 membros correu para ajudar. Quando chegaram ao local, conseguiram afastar o agressor da vítima e imobilizar o homem, que foi preso com a chegada da polícia.

Craques no Taekwondo

Na região do Condado de Harris, os An são conhecidos pela experiência nas artes marciais. O dojo da família é sempre muito procurado.

Mas dessa vez, o grupo ganhou notoriedade por outro motivo: o heroísmo!

Os 5 membros do clã treinavam na academia de luta, quando os gritos de uma mulher chamaram a atenção.

Leia mais notícia boa

Policial salva bebê preso em carro após acidente fatal: “não tinha pulso”Policial que salvou bebê engasgada passa de herói a melhor amigo da famíliaPolicial leva jovem para entrevista de emprego, após blitz que atrasou o rapaz

Acharam que era brincadeira

Para eles, no primeiro momento, tudo não passava de uma brincadeira.

Os gritos foram ficando cada vez mais altos e agudos, o que indica que algo grave estava acontecendo.

A família saiu correndo em direção ao som e quando chegou no local, viu que a coisa era realmente séria.

Afastaram agressor

Um homem acudia uma mulher, tentando-a agredir sexualmente. Os 5 membros da família An partiram para cima do homem, que logo soltou a vítima.

O rapaz ainda tentou agredir a família, mas não era páreo para esses verdadeiros ninjas!

Foi o pai da família o responsável por prender o agressor no chão. “Meu pai é forte. Ele confiava muito em nós”, disse Simon An, um dos filhos.

Chamaram a polícia

Com o homem imobilizado e a mulher em segurança, os An acionaram rapidamente a polícia local.

O Xerife do Condado de Harris, Ed Gonzalez, foi o oficial que atendeu a ocorrência.

“Obrigado ao dojo Yong-In pela sua ação rápida na proteção dos outros”, declarou.

Na região, a família se tornou ainda mais conhecida, e por onde passam são chamados de heróis.

O agressor até tentou partir para cima da família An, mas o grupo rapidamente imobilizou o homem. Foto: Família An.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!