Empresa cria robô que ajuda construir casas mais sustentáveis e baratas

Com inteligência artificial e um robô, essa empresa constrói casas sustentáveis diminuindo a emissão de poluição em até 80%. E a novidade pode ganhar o mundo!

A startup britânica AUAR – Automated Architecture, conseguiu desenvolver um mini sistema de micro-fábricas. Em tempo recorde, eles conseguem entregar uma casa novinha de até seis andares de altura, com paredes, telhados e tetos.

Além de uma melhora no processo de embalagem, transporte e produção, a empresa reduziu também o orçamento do produto. Mas calma, que apesar de toda tecnologia e inovação, a mão-de-obra humana não é descartada no processo, ok?

Indústria poluente

A construção é a maior indústria do mundo, emprega 7% dos adultos em idade ativa do planeta e contribui com 13% do PIB mundial.

Apesar de aquecer a economia e fornecer emprego, ela tem um malefício: a emissão de poluição.

Segundo dados do PNUA, a construção é responsável por 37% de todas as emissões.

Sabendo disso, diversas construtoras do mundo estão em busca de saídas mais sustentáveis para contornar o problema, e a AUAR parece que conseguiu.

Arquitetura automatizada

A mistura de robôs e inteligência artificial deu super certo.

Os braços dos robôs conseguem fazer todo o trabalho na madeira. Cortam, processam e ajudam no transporte das peças.

Toda essa tecnologia pode ser vendida para construtores e arquitetos, que com o software, podem fazer a instalação de micro fábricas próprias.

Nesse processo, há uma economia de recursos, custos laborais e da cadeia de abastecimento como um todo, como transporte e logística.

Sustentabilidade é a pegada

E é claro, há toda uma pegada sustentável.

“Há uma necessidade urgente de casas de baixo consumo energético a preços acessíveis, mas construir casas de madeira sustentáveis ​​e de alta qualidade é difícil de escalar, e a AUAR pretende mudar isso”, disse Mollie Claypool, CEO da AUAR.

Ao reduzir o custo de transporte e logística em até 80%, significa uma frota menor de caminhões, logo, menos poluição e emissão.

Além disso, as casas são feitas de madeira e, segundo o governo do Reino Unido, a utilização desse material pode reduzir as emissões num único edifício entre 20% e 60%.

Cada uma das micro fábricas da AUAR pode poupar até 5 milhões de emissões, contou Mollie.

Leia mais notícia boa

Chega de lê-lê! Cientistas criam robô que lava, limpa e cozinha em casaCasa brasileira impressa em 3D diz adeus ao tijolo, areia e rebocoNova impressão 3D faz mão robótica com ossos e tendões “mais humanos”

Humanos não descartados

Os robôs fazem muito bem a primeira parte do processo, mas a mão-de-obra humana não é descartada no processo.

Na hora de adequar a instalação milimétrica dos módulos no local destinado, são os humanos que entram em ação.

E a companhia tem uma meta ambiciosa até 2030: pretende ter uma rede de 40 parceiros e construir 75 mil residências por ano.

A mini fábrica pode ser comprada por arquitetos e construtoras. Foto: AUAR.

A inovação pode economizar até 80% total na obra. Foto: AUAR.

Com informações de News Atlas.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!