Dia das Mães: jornalista faz almoço e oferece companhia para ninguém ficar sozinho

No Dia das Mães, essa jornalista que perdeu a mãe há 18 anos, teve uma ideia genial: ela faz um almoço especial e chama todos aqueles que já não tem a mãe para ficarem juntos. Assim, ninguém fica sozinho na data!

A iniciativa da capixaba Joviana Venturini, de 51 anos, transforma um momento de tristeza em pura alegria e casa cheia. Pelo segundo ano consecutivo ela vai realizar um almoço para todos que não vão ter as mamães na data.

“No ano passado, resolvi ressignificar a data e convidar algumas pessoas que perderam sua mãezinha ou estavam longe delas para almoçar na minha casa. Fiz um almoço gostoso para o movimento dos ‘sem-mãe’, disse ela. E no cardápio, a especialidade da jornalista, o bobó de camarão!

Ideia veio de amigo

Já são 18 anos, mas desde quando perdeu a mamãe, dona Maryse Venturini, o Dia das Mães é uma data difícil para a jornalista.

Foi depois de uma conversa com o colega de trabalho, Heberton Silva, de 30 anos, que assim como ela também perdeu a mãe, que a ideia surgiu.

“Um dia, a gente conversava sobre como eram as nossas mães. E elas pareciam iguais, as duas muito animadas. Assim surgiu o almoço dos ‘sem-mãe’”, explicou a jornalista.

Ninguém solta a mão de ninguém

Em 2023, o convite foi divulgado em uma mensagem nas redes sociais. E em 2024, o gesto vai se repetir.

Na primeira edição, 15 pessoas estiveram presentes. Além da jornalista e as duas filhas, as sobrinhas, que perderam a mãe na pandemia, amigos e outros que viram a mensagem na rede.

E por aqui, nada de triste. O momento é de apoio, risos e lembranças felizes.

“Não é nada sofisticado, nada de mesa posta com todo mundo só sentadinho ou com cerimônia. É sem formalidade, como se fosse um almoço na casa da mãe da gente mesmo”, contou a jornalista.

Os convidados não precisam levar nada, tudo é fornecido por Joviana, mas a turma resolveu ajudar com bebidas e sobremesa.

Participantes aprovam

Quem participa, aprova a iniciativa. Para a professora Marilene Seabra, de 43 anos e que participou do evento em 2023, o momento é de acolhimento.
“Achei a iniciativa muito bonita! Vi que muitas pessoas sozinhas como eu, sem filhos, puderam estar juntos, compartilhar experiência. Chegaram a me perguntar depois se não foi triste, e não foi! Fiquei feliz em participar, demos risadas, teve até karaokê”.

Leia mais notícia boa

Dia das Mães: mulher que cria 6 filhos só quer abraços como presenteMãe e filha dão à luz no mesmo dia e no mesmo hospitalGêmeas roubadas no hospital reencontram mãe 20 anos depois graças a vídeo no TikTok

Em 2024 número aumentou

A iniciativa fez tanto sucesso que, em 2024, o número de participantes aumentou.

Além de todos os confirmados do ano passado, pessoas das redes também vão marcar presença.

Para atender todo mundo, ela inclusive precisou mudar a confraternização para a casa de uma sobrinha, onde o espaço é maior.

“A ideia é fazer pelos outros aquilo que você gostaria que fizessem por você. Então, se puder chamar alguém, se puder fazer esse chamego, faça, é recompensador! Porque a gente fica olhando para a própria tristeza, mas, ao olhar para o outro, ele pode estar com a mesma coisa. Então, estenda a mão e tire o foco da sua tristeza”, concluiu.

No cardápio de 2023, bobó de camarão, acolhimento e muitas risadas! Foto: Redes Sociais.

Desde que perdeu a mãe há 18 anos, a data tem sido difícil para Joviana. Ela então ressignificou o momento! Foto: Arquivo pessoal.

Com informações de G1.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!