Como usar o imposto de renda para ajudar vítimas das enchentes no RS

Sabia que é possível usar o seu imposto de renda para ajudar as vítimas das enchentes no RS? Sim, é possível transformar uma parte do acerto em generosidade.

A Receita Federal permite mandar até 6% do tributo devido para fundos do estado e municípios por meio de instituições de proteção da criança e do adolescente, e da pessoa idosa.

Tudo isso é feito sem custos a mais. Mas atenção, essa opção só está disponível para quem faz a declaração completa. Veja o passo a passo completo abaixo:

Como fazer a doação 

Para fazer a doação, entre pelo Meu Imposto de Renda, no app Receita Federal ou no site da Receita Federal e siga esse passo a passo:

Entre na ficha “Pagamentos”Depois clique em “Doações Diretamente na Declaração”Escolha uma das abas: “Criança e Adolescente” ou “Pessoa Idosa”Clique na opção “novo”Escolha o tipo de fundo desejado: “estadual” para o Rio Grande do Sul ou “municipal” para uma das cidades gaúchas atingidas pelas enchentesO próprio programa fornecerá os valores totais que podem ser destinados, sendo 3% para cada tipo de destinação e 6% no totalSe desejar doar os 6%, faça o mesmo procedimento na aba que não escolheu no segundo passoApós enviar a declaração, imprima o Documento de Arrecadação de Recursos Fiscais – o DARF – e pague até o último dia de entrega do IR.

O prazo final para enviar a declaração é até o dia 31 de maio – com exceção das cidades atingidas pelas enchentes, que a data mudou para 31 de agosto.

Já fiz minha declaração, ainda consigo doar? 

A resposta é sim! Você pode apresentar uma declaração retificadora e incluir nela qual fundo quer doar.

Neste caso, o valor é pago por meio do DARF, que depois volta, corrigido, com a restituição.

Não é possível parcelar a contribuição, nem escolher uma entidade. O dinheiro vai para os fundos escolhidos, que depois distribuem aos projetos.

Leia mais notícia boa 

Governo anuncia PIX de R$ 5 mil e outras medidas para moradores do RSVítimas de Brumadinho mandam R$ 2,2 milhões para o RSFazenda suspende cobrança de dívidas de afetados pelas enchentes no RS

E quem tem restituição?  

Quem tem direito à restituição também pode doar e o processo é bem parecido.

Ainda é preciso pagar o Darf, mas o valor da doação será adicionado à restituição mais tarde.

Então, você não paga nada extra por participar, já que o dinheiro é retirado do que você já teria que pagar à Receita Federal.

#AjudaRS

Outra maneira de ajudar é através da nossa vaquinha! Nós do Só Notícia Boa e Só Vaquinha Boa, com o apoio do ativista Kaká D’Avila, estamos em uma força-tarefa para fornecer assistência às famílias atingidas.

A sua doação de qualquer valor é muito importante porque ainda há muito o que fazer por esse povo. Vamos nos unir nessa causa?

Você pode ajudar pelo PIX:

ajudars@sovaquinhaboa.com.br 

ou pelo site do Só Vaquinha Boa, clicando aqui.

Até quem já entregou o documento pode fazer a doação com uma declaração retificadora. – Foto: Juca Varella/Agência Brasil

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha “apareceu primeiro em …”

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Previsão do Tempo
+27
°
C
+28°
+23°
Campos dos Goytacazes
Quinta-Feira, 01
Ver Previsão de 7 Dias
Categorias

Assine nossa newsletter

Queremos oferecer para os ouvintes a playlist das melhores músicas Pop Rock!

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!