Brasileira de 17 anos entra para a lista da Forbes Under 30

Apenas 17 anos e esta brasileira já está entre os melhores na lista da Forbes Brasil e se tornou a pessoa mais jovem a entrar para a Forbes Under 30.

Millena Xavier , de Juiz de Fora, Minas Gerais, ganhou destaque no mundo e recebeu a indicação na categoria Ciência e Educação. Millena desenvolveu uma plataforma com inteligência artificial para ajudar alunos a se engajarem em olimpíadas científicas.

Além disso, a jovem prodígio também criou um software para capacitar médicos com ferramentas para detecção precoce do autismo.

Dificuldade para estudar

Tudo começou quando Millena começou a estudar para as Olimpíadas Científicas.

“Percebi que o problema que eu enfrentei em não ter o apoio da minha escola antiga era um problema que muitas pessoas tinham. Fiz uma pesquisa que mostrou que quase 79% dos alunos não tinham o apoio da escola”, explicou.

Foi então que a menina começou a fazer contatos na internet e viu que entre as dificuldades dos alunos, estão a falta de material e informações de como se inscrever nos eventos.

“Além disso, muitos deles não tinham noção dos benefícios que as olimpíadas oferecem, como o uso da premiação para entrar em universidades no Brasil e no exterior também”, contou.

IA para Olimpíadas

Em 2020, Millena resolveu dar o pontapé inicial no projeto que a levou até a lista da Forbes.

A jovem criou o Prep Olimpíadas, uma plataforma que democratiza o acesso às olimpíadas científicas no Brasil. Até o momento, mais de 60 mil jovens em vulnerabilidade social já foram ajudados pela iniciativa.

O Prep Olimpíadas foi tomando uma proporção imensa e também já esteve presente em várias escolas.

Da iniciativa, outras ações foram ganhando força, como a Olimpíada Obafro, um espaço inclusivo para discutir questões raciais e de diversidade.

Forbes Under 30

Tamanhos projetos ligados a causas sociais, deram destaque a jovem, que agora figura em uma das listas mais importantes do mundo.

Desde 2014, a Forbes seleciona empreendedores, criadores e transformadores do mundo que se destacaram ao revolucionar seus negócios e ajudar o mundo.

“Eu percebi que nunca é cedo demais, ou tarde demais, para começar. Você sempre pode fazer algo com as ferramentas que você tem. Eu comecei do zero e nunca pensei que as Olimpíadas poderiam me levar à Forbes e ao prêmio.”

Leia mais notícia boa

Brasileira da roça arrasa em Paris e estreia na Dior com Rihanna na plateiaBrasileira compra casa na Itália por 1 Euro mostra reforma e encanta internautas6 capitais brasileiras estão no top das mais promissoras do mundo

IA para diagnosticar autismo

E depois de tudo que fez, Millena não parou!

A jovem se mudou para Viçosa e com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), criou um software incrível.

Com base em algumas perguntas de inteligência artificial, o programa criado pela menina indica a probabilidade de uma criança, adolescente ou adulto ter autismo.

A invenção foi selecionada para representar a delegação brasileira na Conferência Internacional de Jovens Cientistas, em abril na Turquia.

Millena criou um aplicativo que ajuda médicos a diagnosticarem o autismo. Foto: Redes sociais.

Com informações de Tribuna de Minas.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!