Médico idoso de 95 anos termina mestrado em Filosofia e quer doutorado

Melhores da semana! Esse idoso, de 95 anos, que já era médico, concluiu agora o mestrado em Filosofia Europeia Moderna. Mais que isso: ele se tornou a pessoa mais velha a se formar na Universidade e foi aplaudido de pé na cerimônia.

David Marjot, que se formou em Medicina em 1952, quer aplicar o que aprendeu na profissão moderna. Com as mudanças na indústria da psiquiatria no Reino Unido ao longo dos anos, ele decidiu buscar mais sobre filosofia para atender melhor seus pacientes.

Ele se matriculou no mestrado da Kingston University, em Londres e adorou o curso:  “A equipe e os alunos da Kingston University foram muito receptivos comigo, foi um curso maravilhoso e o ensino foi excelente, por isso foi uma honra fazer este curso e fazer parte de uma universidade tão fantástica”, comemorou.

Mudanças na profissão

Originalmente David se formou como médico, mas adotou a psiquiatra por profissão.

Foram longos anos exercendo consultas, mas as mudanças no mundo do trabalho o deixaram curioso.

Querendo entender mais sobre a modernidade, e como isso poderia mudar sua primeira profissão, ele buscou se qualificar mais.

“Eu sabia que tinha pouco tempo, então quando vi um anúncio do curso no The Times Literary Supplement para um curso que era local para mim, decidi me inscrever”, disse.

Ocupando a mente

E qual o melhor curso para entender a modernidade? Filosofia!

E assim foi David, atrás de respostas para dúvidas que o acompanharam em tempos recentes.

Não foi fácil, mas desistir jamais pensou pela cabeça do idoso.

“Foi um trabalho árduo, a minha memória já não é a mesma, mas tive a sorte de ter professores de classe mundial e foi uma experiência muito positiva. Acho que é importante continuar sempre a desafiar-se, mesmo à medida que envelhecemos”, explicou.

O curso ainda cumpriu um outro papel. David perdeu sua fiel companheira para a COVID. O casamento já durava 65 anos, e o mestrado foi importante para ele manter a mente ocupada.

Leia mais notícia boa

Lembra do Terror do INSS? O idoso completou 123 anos “bem de saúde”Idoso de 66 anos realiza sonho e é aprovado em Física na universidade federalPoliciais salvam a vida de três idosos de incêndio em prédio de NY

Aplaudido de pé

A formatura foi emocionante. Acompanhado pelo filho e pelo genro David foi aplaudido de pé por todos os presentes.

E se engana quem pensa que ele vai parar. A ideia agora é iniciar um doutorado, que ele terminaria aos 102 anos de idade!

Aluno dedicado

Segundo a professora e orientadora de dissertação de David, Stella Sandford, ter David na faculdade foi muito importante para a troca de experiências.

“Foi um prazer e um privilégio ter David como aluno de pós-graduação. Ele veio para Kingston já tendo uma carreira ilustre e trouxe consigo uma riqueza de conhecimento e experiência para as discussões em classe”.

Na cerimônia de formatura, David foi acompanhado pelo filho e pelo genro. Foto: Kingston University.

Com informações de Kingston University London.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!