Mais de mil imóveis visitados em SJB no quarto mutirão contra o Aedes aegypti

(Foto: Divulgação / PMCG)

O Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ) avaliou como “bastante satisfatório” o quarto mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, realizado nesta quinta-feira, 8. A ação foi realizada em áreas do Centro de SJB, Centro de Atafona, Centro de Grussaí e Lagoa de Grussaí.

“Ao todo, visitamos 1.071 imóveis e realizamos a coleta de nove amostras. Temos uma equipe bem comprometida e dedicada e o trabalho foi bastante satisfatório”, destacou o diretor do NCZ, Marcos Machado.

Durante o dia, os agentes de endemias percorreram as residências e imóveis comerciais em busca de potenciais focos do mosquito e orientando as pessoas sobre a importância do trabalho preventivo. Foram realizadas ainda outras ações, como o controle do mosquito adulto em pontos estratégicos, o tratamento de bueiros, visitas a borracharias e terrenos com piscinas abandonadas. A intenção é evitar que o município enfrente quadros de epidemia de Dengue, como a cidade do Rio de Janeiro e outras que fazem divisa com os estados de São Paulo e Minas Gerais.

“Estamos com a situação sob controle, com apenas sete casos de Dengue confirmados e cinco aguardando resultado. Alguns outros suspeitos deram negativo”, afirmou a sanitarista Vanessa Pacheco, do setor de Epidemiologia do município, considerando a população municipal de pouco mais de 36 mil habitantes. Ela destaca que existe uma grande cobrança junto às unidades de Saúde quanto ao “repasse diário das informações sobre potenciais pacientes com a doença, para que seja feito o devido acompanhamento”.

Segundo o NCZ, o quinto mutirão está confirmado para o próximo dia 16, nas localidades de Roças Velhas, Água Preta e Barra do Açú. Nos três mutirões anteriores, realizados nos dias 19 e 26 de janeiro e dia 8 deste mês, foram realizadas ações nos bairros Chatuba, na sede; Coreia e Santa Rita de Cássia, em Atafona; Figueira e Telê Santana, em Grussaí; e nas localidades de Barcelos, Barra do Açú, nos bairros Nossa Senhora Aparecida, na área central de Grussaí, e Vila Esperança, em Atafona, além de Cazumbá, Trevo de Atafona e Balneário Chris.

Mesmo não sendo um dos estados mais afetados pela Dengue, o Rio de Janeiro já somava mais de 25 mil casos confirmados da doença até o dia 5 deste mês, sendo mais de 13 mil apenas na capital. Até esta quarta-feira (7), eram três mortes confirmadas, sendo uma na cidade do Rio, uma em Mangaratiba e outra em Itatiaia.

O post Mais de mil imóveis visitados em SJB no quarto mutirão contra o Aedes aegypti apareceu primeiro em J3News.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!