Como resgatar dinheiro esquecido em bancos. São quase R$ 7,6 bilhões

Você sabia que existe dinheiro esquecido em bancos e instituições financeiras, esperando para ser resgatado? O Banco Central anunciou recentemente que aproximadamente R$ 7,6 bilhões estão disponíveis para saque através do Sistema de Valores a Receber (SVR).

Para verificar se você tem algum valor, acesse o site do SVR e clique em “Consulte se tem valores a receber”. Insira seus dados e clique em “Consultar”. Você também pode verificar valores esquecidos de familiares falecidos e solicitar o resgate.

Após fazer a consulta e verificar que há valores disponíveis, clique no botão ‘Acessar o SVR’. Se não houver fila de espera, você será direcionado para a página de login da Conta gov.br.

Como resgatar o dinheiro

Para acessar seus valores, sua conta gov.br precisa ser de nível prata ou ouro (pessoa física) ou ter o CNPJ vinculado (pessoa jurídica). O sistema fica aberto por 30 minutos.

Depois tem que fornecer uma chave pix para a devolução, mas se você não tiver uma cadastrada, pode entrar em contato com a instituição para combinar a forma de recebimento.

Também dá pra criar uma chave e retornar ao sistema para fazer a solicitação.

O prazo para o pagamento do dinheiro é de até 12 dias úteis em caso de pagamento via PIX.

Ler mais notícia boa 

Calendário do abono salarial 2024 liberado; veja quando e como receberVeja 10 benefícios que idosos 60+ têm assegurados por lei e nem sabemSalário Social para idosos já está valendo; Como pedir o benefício

Como consular de pessoas falecidas

Herdeiros, testamentários, inventariantes ou representantes legais podem consultar se há valores esquecidos pelo falecido.

Acesse o site do SVR, faça login na Conta gov.br e selecione a opção “Valores para Pessoas Falecidas”.

Informe o CPF e a data de nascimento da pessoa falecida e siga as instruções fornecidas.

A maioria são pequenas quantias

De acordo com dados recentes do Banco Central, mais de 39 milhões de consumidores pessoas físicas e mais de 3 milhões de pessoas jurídicas têm valores a receber.

Isso totaliza mais de R$ 6 bilhões para pessoas físicas e cerca de R$ 1,55 bilhão para pessoas jurídicas.

A maioria dos beneficiários têm direito a pequenas quantias, sendo que 63,49% dos valores a receber são de até R$ 10.

Outros 25,11% estão na faixa entre R$ 10,01 e R$ 100. Valores entre R$ 100,01 e R$ 1 mil correspondem 9,68%. Apenas 1,73% têm direito a receber acima de R$ 1 mil.

Alerta de golpes

O Banco Central emitiu um alerta sobre golpes relacionados ao resgate de valores esquecidos.

Estelionatários podem tentar se passar por intermediários desses resgates, mas o BC enfatiza que todos os serviços do sistema de valores a receber são gratuitos e que o órgão não envia links nem entra em contato para tratar desses valores ou confirmar dados pessoais.

Apenas a instituição financeira listada na consulta do sistema pode contatar o cidadão.

Além disso, o BC alerta para nunca fornecer senhas e destaca que ninguém está autorizado a solicitar esse tipo de informação.

Esses valores são quantias esquecidas por consumidores em bancos ou outras instituições financeiras. – Foto: joaogbjunior/pixabay

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!