Transporte exclusivo para mulheres e pessoas que se identificam no gênero feminino começa a circular

Começou a circular nesta sexta-feira (20), em Campos, o Ônibus Lilás, exclusivo para o transporte de mulheres. A iniciativa é da Subsecretaria de Políticas para Mulheres e tem o objetivo de era mais um equipamento de combate à violência contra mulheres. O projeto foi lançado junto ao Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) no Terminal Luiz Carlos Prestes, no Centro e garante transporte exclusivo para mulheres e pessoas que identifiquem no gênero feminino, de todas as idades, além de crianças de até 10 anos acompanhadas por pessoas do gênero feminino.

Considerado em fase experimental, o projeto do Ônibus Lilás começa operando na linha Centro-Penha, nos itinerários das 15h às 19h, mas de acordo com a subsecretária de Políticas para Mulheres, Josiane Morumbi, já com perspectivas de acionar duas novas linhas no mesmo consórcio, Uenf/ Jóquei e Circular Flamboyant. No domingo (22) terá itinerário para a Praia do Farol de São Tomé.

“O objetivo do Ônibus Lilás é ter mais um mecanismo de combate ao assédio que nós mulheres sofremos todos os dias. Junto com esse transporte exclusivo feminino, nós temos outros equipamentos que já foram montados no município há mais de dois anos e estão dando certo, como a própria Subsecretaria de Políticas para Mulheres, o Ceam, que é exclusivo para atender mulheres que são vítimas de violência, temos ainda a Deam, nossa delegacia especializada, o Condim, que é o conselho onde fazemos debates e fiscaliza, além do Ministério Público e outros”, disse Josiane.

A subsecretária lembra ainda que a iniciativa já foi testada e aprovada com sucesso em outros municípios do país. “Com esses ônibus, nós tiramos uma grande parcela de mulheres das aglomerações do dia a dia, que é onde tem os agressores. Importante dizer que esse assédio não acontece só no transporte público, mas também nas plataformas, embarque e desembarque. Pesquisas apontam que 99% das mulheres que usam o transporte público, já relataram algum tipo de assédio”, frisou.

Os cargos de cobrador e motorista serão exercidos por profissionais femininas, como a motorista Cristina Menezes de Oliveira. “É muito bom quando somos beneficiadas por um projeto de tamanha importância como este. É um grande avanço para nós mulheres de Campos”, comentou.

Além de oferecer mais segurança e conforto para mulheres, o projeto ainda emprega mais mulheres. São três operando por linha e ao final dessa primeira fase, serão nove em atuação. “Importante dizer que não vai ser um ônibus só. Nós vamos começar nesse consórcio com três ônibus em três linhas diferentes e nós temos interesse de ampliar outras linhas. Vamos negociar com outros consórcios e sensibilizar esses consórcios para atender mulheres que moram, por exemplo em Guarus e outras localidades”, disse.

Dados de uma pesquisa realizada pelo Instituto Galvão e Instituto Locomotiva, com apoio da Uber, sobre violência contra a mulher no transporte, apontam que 97% das mulheres disseram já ter sido vítimas de assédio em meios de transporte. “Um dado alarmante e temos que enfrentar com implantação de equipamentos que resguardem estas mulheres. Por isso pensamos em um projeto que deu certo em outras cidades do país, e tenho certeza que vai dá certo em Campos”, comentou a subsecretária de Políticas para Mulheres, Josiane Viana.

O presidente do IMTT, Nelson Godá, explicou que o Ônibus Lilás é uma ampliação da frota do Consórcio União. “O Consórcio União não substituiu um ônibus com outro. Outros dois veículos do mesmo consórcio serão destinados para o projeto, ampliando ainda mais o atendimento ao público alvo. E esta expansão da frota se deu em função das ações da Prefeitura de fortalecimento do sistema de transporte público, por meio do Programa do Subsídio de Óleo e o auxílio recebido pelo Governo Federal para custeio das gratuidades acima de 65 anos”, ressaltou Nelson, informando que o Ônibus Lilás tem capacidade para 44 pessoas sentadas e 28 em pé.

O post Transporte exclusivo para mulheres e pessoas que se identificam no gênero feminino começa a circular apareceu primeiro em Terceira Via.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!