Sistema robótico Da Vinci chega ao Hospital Dr. Beda garantindo mais qualidade de vida a pacientes pós-cirúrgicos

O Hospital Dr. Beda acaba de adquirir mais um equipamento para garantir com tecnologia, mais qualidade de vida e menos riscos pós-operatórios aos pacientes. O Sistema Robótico Da Vinci, único no Norte Fluminense, chega a Campos e, nesta segunda-feira (16) foi dado início à certificação dos médicos.  A expectativa é que em março já sejam realizadas as primeiras cirurgias com o novo equipamento.

O médico urologista Gustavo Araújo, coordenador do programa de cirurgia robótica do Hospital Dr. Beda explicou que o sistema disponibiliza, não só a plataforma robótica mas também o ultrassom robótico, que pode ser usado no intra-operatório.

“Hoje o Beda fez a aquisição da melhor plataforma. São várias marcas e aqui nós temos o melhor modelo. Alguns quesitos, dentro dessa plataforma, poucos hospitais do país têm, como é o caso do ultrassom robótico, que a gente utiliza durante a cirurgia”, explicou acrescentando que, além da urologia, o equipamento será utilizado nas cirurgias torácicas, bariátricas, cirurgia geral, oncológicas, cabeça e pescoço e ginecológicas.

Com o equipamento, embora o cirurgião fique mais distante do paciente durante a operação, tem maior visibilidade e, por isso, mais precisão. “O equipamento dá mais destreza ao cirurgião, que opera a distância do paciente e o robô dá a capacidade de operar mais próximo com maior destreza cirúrgica, com uma imagem maximizada em 3D”, disse.

O médico explicou que, do ponto de vista urológico, as cirurgias feitas com a tecnologia robótica Da Vinci, trazem mais benefícios para o paciente. “Menor taxa de sangramento, menor tempo de internação, menor taxa de complicação, entre eles os problemas comuns quando se opera o câncer de próstata e aí o paciente vai ter menor taxa de incontinência urinária, impotência sexual, enfim, uma recuperação mais rápida”, disse.

O médico explicou ainda que, atualmente as cirurgias podem ser abertas, por videolaparoscopia e que a cirurgia robótica é o que há de melhor.

A diretora administrativa do Grupo IMNE, Martha Henriques contou um pouco da motivação em trazer a tecnologia de ponta para o Norte Fluminense. “Já havia essa vontade. O Dr. Herbert sempre foi uma pessoa inovadora e inquieta e chegou a esse momento conversando com os médicos, a equipe e o próprio Dr. Diogo Neves, que também é nosso diretor médico e sentimos a necessidade, neste momento, de trazer a cirurgia robótica para Campos e Região. É uma tendência mundial, está nas grandes cidades e faltava entendermos que o paciente não se desloca, nós trazemos até ele toda modernidade e tecnologia de ponta, como sempre fizemos”, disse Martha.

O cirurgião bariátrico Carlos Gicovate contou um pouco dos benefícios da tecnologia para pacientes bariátricos. “A qualidade dos movimentos do robô ajuda na cirurgia os pacientes que chamamos de super-obesos, que tem de 180 a 200 kg e também traz vantagem nas reoperações, cirurgias chamadas revisionais. São pacientes que fazem algum tipo de cirurgia bariátrica e, por algum motivo, precisam de uma revisão, uma nova cirurgia bariátrica. Como é uma reoperação, o robô também traz vantagens porque nós conseguimos ter uma melhor visualização do espaço intra-abdominal, principalmente quando já existem situações que poderiam trazer complicações, que com o robô são menores”, contou.

O post Sistema robótico Da Vinci chega ao Hospital Dr. Beda garantindo mais qualidade de vida a pacientes pós-cirúrgicos apareceu primeiro em Terceira Via.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!