Ex-presidente de corte de Direitos Humanos defende que Brasil acione OEA

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Ex-presidente de corte de Direitos Humanos, o advogado Roberto Caldas (foto) defendeu que o Brasil acione a Organização dos Estados Americanos (OEA) para solicitar mecanismos de proteção à democracia do país. A manifestação ocorreu por meio de nota, divulgada após os atos de vandalismo que ocorreram nesse domingo (8).

“É momento de colher os apoios internacionais e peticionar à OEA para que se acione o mecanismo de proteção continental da Carta Democrática Interamericana”, afirmou Caldas.

Ele também disse que foi “gravíssimo o estarrecedor patrocínio omissivo e leniente das forças policiais do Distrito Federal, legalmente obrigadas a agir” e chamou os atos de “golpistas”.

Fonte: O Antagonista

O post Ex-presidente de corte de Direitos Humanos defende que Brasil acione OEA apareceu primeiro em Terceira Via.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!