Chuva intensa deixa ruas alagadas em diversos pontos de Campos

Um dia inteiro de chuvas e muitas ruas alagadas em Campos, nesta segunda-feira (19), dificultou a volta para casa. Segundo informações da Defesa Civil municipal, até as 16h, foram 42,8 mm de chuvas na área urbana e 32,4, na área rural.  Pontos já conhecidos por alagamentos em dias de chuvas, como a Avenida Pelinca, Parque Santo Amaro, Jardim Maria Queiroz, Centro, no entorno da Câmara de Vereadores, dentre outros, ficaram cobertos. Na Orquestrando a Vida, alunos e professores fizeram uma força-tarefa, para salvar o possível. Houve registro de queda de árvore no Caju e no Centro.

A subida e a descida da Ponte Leonel Brizola, nos lados do Centro e de Guarus, voltaram a registrar alagamento, assim como o trecho entre a rua Barão da Lagoa Dourada e Mariano de Brito, na Pelinca. No Parque Santo Amaro, bairro sede da Prefeitura de Campos, a rua Alonzo Barreto Christie e o entorno do Colégio Estadual Julião Nogueira também ficaram submersos.

No entorno do espaço provisório para os camelôs, na Avenida José Alves de Azevedo (Beira-Valão) o alagamento encobriu veículos.

A rua Coronel Francisco Manhães, atrás do Edifício Salete, outro ponto conhecido em dias de chuva, também ficou coberta pelas águas e prejudicou o trânsito nas proximidades.

O trânsito também ficou congestionado no trecho entre a Rua do Ouvidor e Oliveira Botelho.

Segundo informações da Defesa Civil, até as 18h, foram “quatro chamados, sendo três para situação de alagamento nos bairros: Novo Jóquei, Carvão e no distrito de Tocos, e um chamado para queda de árvore, que ocorreu no bairro da Pecuária”.

Ainda segundo o órgão, no Novo Jóquei, equipes atuaram na Rua Joselino Nascimento, com auxílio de uma bomba de drenagem. Uma árvore caiu na Praça da Cooperleite, no Caju, e foi retirada. Também houve registro de queda de árvore na Rua Aquiles Sales com Tenente Coronel Cardoso.

Orquestrando a Vida
No cruzamento das ruas Conselheiro Thomas Coelho e Baronesa da Lagoa Dourada a água invadiu a sede da ONG Orquestrando a Vida. Professores e alunos se uniram para salvar documentos e instrumentos.

“Não temos o que fazer a não ser esperar acabar a chuva. Na parte de cima está entrando água pelo telhado e molhando a parte de baixo. Aqui o terreno é mais baixo do que a rua e as casas ficam alagadas. Fizemos uma comporta no portão para tentar impedir que a água entre, disse o maestro Joni William.

A ONG vai precisar de materiais de limpeza como desinfetante, cloro, rodo e vassouras. Quem puder e quiser colaborar deve entrar em contato por meio das redes sociais.

Ainda segundo o maestro, alguns instrumentos serão levados para a igreja de São Francisco de Assis, onde haverá um concerto.

O post Chuva intensa deixa ruas alagadas em diversos pontos de Campos apareceu primeiro em Terceira Via.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!