A festa em Brasília que ninguém quer ficar de fora

Esplanada dos Ministérios. (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

O Brasil tem visto os últimos movimentos políticos em Brasília meio que em estado de espanto misturado com paralisia por, talvez, pura descrença nas instituições. Não bastasse um governo que chega com cara de passado, cheiro de mofo, pensamentos retrógrados e discursos na área econômica que não cabem mais na realidade do Brasil e mundo, a cada dia também surgem notícias que, em um país sério, já seriam motivos para escândalos e investigações sérias.

Ontem, depois de tantos relatos nada republicanos divulgados pela imprensa envolvendo a aprovação da famigerada PEC da gastança descontrolada X manutenção do Orçamento Secreto, mais uma notícia veio a tona como a cereja do bolo dos novos tempos. A “toque de caixa”, a Câmara dos Deputados aprovou por 314 votos a favor (e pasmem, incluindo Eduardo Bolsonaro e Carla Zambelli) e apenas 66 contra, uma mudança absurda na Lei das Estatais, num absoluto desrespeito à moralidade pública que deve reger as ações voltadas para os órgãos governamentais, ao permitir, entre outros péssimos destaques, que políticos, sem a devida quarentena, possam assumir a direção dessas estruturas, por vezes maiores e com mais recursos que os próprios ministérios.

Isso já deu muito errado no Brasil. Colocar nas mãos de políticos as chaves dos cofres dessas empresas é o mesmo que dar uma guinada para voltar a um passado nebuloso e mundialmente vergonhoso. E o que mais espanta, ou não, é o casuísmo dessa atitude. E não se fala aqui apenas no caso do Aloizio Mercadante no BNDES, mas de todos os políticos que estão de olho nesses cargos. A mudança de governo, que já chegou inflando a Esplanada e a distribuindo entre os seus, somando a perspectiva de outras valiosas poltronas serem ocupados por políticos, atiçou o apetite do Centrão que acelerou para aprovar o enfraquecimento da Lei implementada no governo Temer que freou a roubalheira nas estatais.

Pelo visto, parece que Brasília está em festa, e ninguém quer ficar fora dela.

O post A festa em Brasília que ninguém quer ficar de fora apareceu primeiro em Terceira Via.

* Todas as notícias são retiradas de fonte de sites conforme informado na última linha "apareceu primeiro em ..."

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

CONECTE-SE CONOSCO

Iniciar Conversa
Oi, Seja bem vindo(a)!
Olááá! Obrigado por ouvir a Rádio Capital Fm !!!